Elos do Mau Agouro, de Tiago Santos-Vieira

Elos do Mau Agouro, de Tiago Santos-Vieira

Elos do Mau Agouro

Corrente de sangue e má sorte atada aos cascos do Diabo

Tiago Santos-Vieira

 

Tiago Santos-Vieira é um novo autor que chega ao mercado literário com sua primeira publicação: “Elos do Mau Agouro – Corrente de sangue e má sorte atada aos cascos do Diabo.” Ao contrário do que o título possa implicar, não se trata de uma obra de terror sobrenatural. Retirado da própria resenha na aba do livro, ele seria melhor descrito como:

Uma trama de terror psicológico com limites tênues entre a ficção e a realidade. Uma saga repleta de sangue e amputações que beira o torture porn, onde a onipresente figura do Diabo é subliminarmente discutida a cada página.

E sim, o livro traz muito suspense e muita violência em uma história eletrizante narrada como se fosse uma novela que é capaz de prender a atenção do leitor do início ao fim. Dá vontade de ler em uma respirada só e isso se tiver fôlego para aguentar os trechos mais pesados. Contudo, quem for ler o livro precisa ter estômago forte. O autor não pega leve na violência, descrevendo com detalhes algumas das cenas mais chocantes; mas sem chegar ao vulgar. É até engraçado escrever isso aqui, mas Tiago conseguiu a façanha de escrever cenas muito violentas de uma forma, digamos, elegante e, algumas outras vezes, ele apenas deixa a imaginação do leitor completar as imagens.

Em “Elos do Mau Agouro” o leitor vai encontrar uma história que começa no Brasil, continua no País Basco e termina no Leste Europeu. Tudo tem início com um estupro seguido por um assassinato acobertado pela Igreja Católica. (Aqui os cascos do Diabo já está em ação, hein!) E a partir desse ponto todo o enredo vai se interconectando de um jeito inesperado até que, no fim, tudo está interligado e tudo faz sentido. Infelizmente eu não posso contar mais para não estragar sua leitura.

Pontos positivos:

  • Uma história interessante, diferente e bem contada;
  • Muito suspense e mistério que te faz querer devorar o livro;
  • Apesar do início da narrativa parecer o contrário, a história é toda bem fechada e bem explicada.

Pontos negativos:

  •  Muita violência muito bem descrita. Quando o livro se descreve como torture porn ele não está brincando. As cenas são facilmente visualizáveis com os detalhes da descrição. No começo do livro elas são bem interessantes, mas crescem de tal forma que pelos últimos capítulos eu já estava sentindo um certo mal-estar com o que lia;
  • Personagens rasos, sem muita história de vida. Quem já leu outras resenhas minhas já ouviu falar das histórias paralelas. Infelizmente em “Elos do Mau Agouro” os personagens não possuem uma história de vida profunda que pudesse complementar a história.

Contudo, os pontos negativos são mínimos e não tiram o prazer da leitura. Na verdade, a questão dos personagens só é perceptível se você estiver ativamente procurando por detalhes como esse. Então, se você quer conhecer uma história diferente com uma narrativa de tirar o fôlego e tem estômago forte para aguentar as descrições das violências, você vai amar esse livro. Fica a recomendação de leitura.


Livro: Elos do Mau Agouro
Autor: Tiago Santos-Vieira

D. M. Bittar

Nascido em 11/08/1980 em Brasília. Morou a vida toda na cidade. Se formou em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Brasília e atualmente trabalha na área. Formou-se teatro na Companhia da Ilusão. Ama as artes cênicas e possui a leitura, a escrita e o teatro como principais hobbies.

0 Comentários

Nenhum Comentário Ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar esta publicação!

Deixar uma Resposta