O Canto de Um Amor Perfeito

Quando uma rosa teu rosto tocar
Com o toque suave do veludo
Sou eu que te amo mais do que tudo
E que só em você consegue pensar

Quando meu coração silenciar triste
Pedirei em prece que a Lua vá te falar
Que meu amor há de transbordar
Que você é tudo que para mim existe

Se eu acreditar que não há mais jeito
Encerrarei a dor em meu peito
E em silêncio permanecerei a ficar

Quando o canto de um amor perfeito
Desafina em um simples defeito
Só resta ao coração sua dor silenciar

Daniel Moraes Bittar
©11/09/2015

D. M. Bittar

Nascido em 11/08/1980 em Brasília. Morou a vida toda na cidade. Se formou em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Brasília e atualmente trabalha na área. Formou-se teatro na Companhia da Ilusão. Ama as artes cênicas e possui a leitura, a escrita e o teatro como principais hobbies.

0 Comentários

Nenhum Comentário Ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar esta publicação!

Deixar uma Resposta